O Nutricionista é uma peça fundamental para o tratamento dos pacientes. Sua função é garantir a alimentação equilibrada e o aporte de nutrientes necessários ao bom estado nutricional, o que é crucial para a evolução clinica e a recuperação, visto que o paciente desnutrido tem fraqueza, alteração na cicatrização de feridas, diminuição das funções dos órgãos, maior risco de infecção e pode até chegar à óbito.

Ao ser internado, o paciente deve passar por uma triagem, feito pelo serviço de Nutrição, que vai identificar pacientes que apresentam perda de peso, diminuição da ingestão alimentar, doenças graves, os quais necessitam de acompanhamento individualizado.

No parte da alimentação, o Nutricionista vai adequar a dieta do paciente de acordo com suas necessidades e/ou sua patologia. O acompanhamento é feito até que o paciente esteja ingerindo a quantidade adequada de nutrientes para o seu estado nutricional, por isso o monitoramento é diário. Quando o paciente não consegue se alimentar (ou não o suficiente), ele é indicado para a terapia nutricional na qual pode receber a nutrição enteral ou parenteral e o nutricionista fará o acompanhamento para adequação dos volumes e quantidades de acordo com a doença e a tolerância do paciente.

Além disso, a atuação do profissional Nutricionista no ambiente hospitalar também proporciona motivação adicional aos cuidados preconizados pelo médico e evita o aparecimento de complicações tardias, ou mesmo novas internações por simples falta de orientação dietética adequada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

+